Fisioterapia Pediátrica

A Fisioterapia Pediátrica é o ramo da Fisioterapia destinado à prevenção, ao diagnóstico e ao tratamento de condições de saúde em bebés, crianças e jovens até aos 18 anos, contemplando a sua integração social e familiar e o aumento da funcionalidade. As áreas de intervenção vão desde a músculo-esquelética / ortopédica, passando pelas condições neurológicas e a área respiratória.

Evidência recente tem sugerido um impacto positivo da Fisioterapia ao nível da função pulmonar, controlo motor, mobilidade, força muscular, endurance física, funcionalidade e qualidade de vida em utentes pediátricos com diferentes tipos de condições clínicas, agudas e crónicas.

Por se dirigir a esta população, a intervenção com os mais novos é realizada com recurso ao brincar, às actividades lúdicas e sociais, promovendo-se o ensino à criança, aos pais e a todos os intervenientes no seu desenvolvimento.

 

A Fisioterapia Pediátrica intervém, entre outros, nos seguintes problemas e necessidades:

  • Torcicolo congénito

  • Luxação congénita da anca

  • Paralisias obstétricas

  • Doenças neuromusculares

  • Paralisia cerebral

  • Síndrome de Down

  • Atraso Global do Desenvolvimento Psicomotor

  • Dificuldades ao nível do processamento sensorial

  • Desvios posturais (escoliose, lordose…)

  • Patologias do foro respiratório

   ​

Mostrar Mais

 Fisioterapia Respiratória

Esta área merece especial destaque por ser uma das que leva os pais a recorrerem com mais frequência à Fisioterapia, frequentemente designada como Cinesioterapia ou Ginástica Respiratória. Trata-se de um tratamento não invasivo e indolor, recomendado quando se verifica obstrução do nariz ou pulmões por excesso de secreções, e o bebé/criança não consegue libertá-las autonomamente. A Fisioterapia Respiratória promove um alívio rápido dos sintomas, através da aplicação de um conjunto de métodos e técnicas terapêuticas específicas, com o objectivo de mobilizar e eliminar secreções, com vista à recuperação da função respiratória.

 

Os principais objectivos da Fisioterapia Respiratória incluem:

  • Optimizar a função respiratória

  • Manter a permeabilidade das vias aéreas

  • Favorecer a libertação de secreções

  • Prevenir e tratar complicações pulmonares

  • Reduzir a utilização de medicamentos, nomeadamente antibióticos

  • Reduzir ou evitar períodos de internamento hospitalar

A abordagem em Fisioterapia Pediátrica é individual e personalizada, baseando-se numa avaliação inicial da criança, mediante a qual se define o plano de tratamento e os métodos adequados. A intervenção é baseada sempre que possível em actividades funcionais, com recurso ao brincar, respeitando as competências e capacidades da criança, tendo por base o desenvolvimento adequado à faixa etária. O trabalho em Fisioterapia é realizado reconhecendo a criança como um ser humano em desenvolvimento e não um adulto em miniatura.

Para que a intervenção ocorra com o maior sucesso possível temos em consideração o envolvimento parental como factor fundamental. Por isso, o ensino à família é um aspecto que valorizamos, possibilitando o trabalho em equipa e a continuidade da intervenção no dia-a-dia da criança, sempre que se justifique.

Segue-nos nas

Redes Sociais

acompanha as nossas notícias, eventos e ofertas especiais